Atividades Econômicas - Região Nordeste





Em relação ao cultivo de vegetais, como não poderia deixar de ser, o clima da zona da mata, favorece o plantio de cana-de-açúcar, cacau, tabaco e coco.


No agreste são cultivados o algodão, feijão, café, milho e cana-de-açúcar.


No meio norte cultiva-se arroz, soja e algodão.


E o Sertão, pequenas plantações de mandioca, trigo e feijão.







Pecuária


Destaca-se a criação de caprinos (bodes e cabras) que se adaptam ao clima e ao relevo irregular.


O primeiro estado na criação de bovino e caprinos é a Bahia, seguido do Ceará.


Os animais são criados soltos na caatinga.






Extrativismo


A pesca é uma importante atividade de extrativismo devido à extensão do litoral nordestino.


Vegetais também são extraídos, principalmente babaçu e carnaúba.


Minerais importantes são extraídos:


• Petróleo, principalmente na Bahia.


• Sal, sendo o Rio Grande do Norte o maior produtor.






Indústria


Destacam-se indústrias de extração e transformação de produtos naturais: açúcar, álcool, fios têxteis, couros, carnes e laticínios.






Comércio

Nessa região alguns vegetais são destaque na exportação: cacau, coco, frutos típicos que são exportados.


Em compensação há a importação de trigo, combustíveis e máquinas.






Transportes



Rodovias, ferrovias, são destaques na região para o transporte de pessoas e mercadorias.


O transporte fluvial (em rios) é importante na região. E feito principalmente pelo rio São Francisco






Artesanato

 
Destaca-se o artesanato no Nordeste. Em primeiro lugar temos a cerâmica marajoara (da ilha de Marajó – Ma) com a confecção desde utensílios domésticos: filtros, potes, pratos, até imagens, esculturas e outros.


Na Feira de Caruaru encontramos todo tipo de artesanato em barro, corda, madeira, cacos, contas, cabaças, areia, cordão, sisal... essa feira é famosa em Pernambuco.


No Ceará há destaque para as rendas de bilro feitas pelas mãos habilidosas das rendeiras.



E as garrafas com desenhos de areia colorida também são destaques.






Comidas

Outro forte na economia são as comidas e doces: cocada, tapioca, quindim, mugunzá, fava, buchada, acarajé, vatapá, caruru, bolo de camarão, moqueca de peixe, sarapatel, entre outros.


Turismo

O imenso litoral nordestino, com suas praias belíssimas, atrai milhares de turistas.


Há o ecoturismo na Ilha de Fernando de Noronha e paisagens com Mata Atlântica.


As festas também atraem principalmente o frevo, o maracatu e o trio elétrico no carnaval.


Os festejos de São João são bastante celebrados, as festas duram o mês inteiro de junho, julho.

4 Comentários:

turmado4a disse...

Belo texto e imagens!

Kevyn Dias disse...

Alguns textos são pequenos, fora isso, ótimo!

odimael 100% disse...

aqui ta tudo errado bestera

laryssa gostosa disse...

Amei fiz meu trabalho todo!!!!!!

Postar um comentário